Uma Revolução não se faz sozinho

Artigos Recentes

Projeto que começou com a distribuição de marmitas em Curitiba (PR), cresceu e segue contribuindo com a diminuição da desigualdade social

Por Ilana de Alencar

Nascemos em meio a uma pandemia, a um mundo todo surpreso e meio desesperado com uma situação inesperada causada por um ser invisível aos olhos humanos, mas tão visível aos sentimentos e às emoções humanas.

Um grupo de conhecidos, motivados a fazer algo pelo próximo, que até aquele momento era muito distante, uniu-se no ambiente quente e perfumado de temperos de uma cozinha e, mesmo sem experiência no preparo de refeições em grande quantidade, cozinhou marmitas cheias de sabor e amor para alimentar o corpo e a esperança das pessoas em vulnerabilidade nas comunidades mais carentes na região metropolitana de Curitiba. 

Enxergar a necessidade do próximo tão de perto nos trouxe muitos questionamentos sobre as dificuldades que muitos passam todos os dias, e as quais não percebíamos de forma a nos tocar para agir.

Entregar uma marmita para atender a uma necessidade emergencial, para matar a fome de quem não tinha nada ou bem pouco para comer, foi a porta de entrada de um mundo à parte. Conforme nos deparamos com outras necessidades, nossas ações foram crescendo e o projeto se solidificando. Das marmitas, passamos a entregar máscaras, alimentos secos e cestas básicas. As parcerias vieram, outras pessoas se entregaram por acreditar no trabalho que estávamos fazendo e, então, nossas ações vêm crescendo.

Hoje atuamos e estendemos a mão para atender, além das comunidades carentes da região metropolitana de Curitiba, a todos que precisam, incluindo, assim, outros públicos, como a população dos povos originários, comunidades LGBTQI, moradores e pessoas em situação de rua, vulneráveis e grupos em geral, excluídos pela sociedade.

Através de parcerias, hoje temos alguns programas, como: Cuidar de quem cuida, voltado a oferecer terapias integrativas, como a prática de ioga e rodas de conversa para líderes comunitárias e mães de crianças especiais; e A leitura revoluciona, que leva livros gratuitamente para pessoas em situação de rua e instituições de apoio à criança e ao adolescente. Também realizamos campanhas específicas, como Mães especiais, entregando cestas básicas nos Dia das Crianças e no Natal.

Nosso propósito é implantar projetos relacionados a empregabilidade, autossustentabilidade econômica e de infraestrutura dentro de comunidades carentes e para outros grupos da sociedade em minoria e em situações de vulnerabilidade, a fim de contribuir com a diminuição da desigualdade social, seja na esfera econômica, emocional e psicossocial.

Nosso projeto é sem fins lucrativos e tem suas ações custeadas mediante doações em dinheiro, alimentos ou insumos. Acreditamos que juntos somos mais fortes e que o pouco de poucos pode fazer muito por muitos. Por isso, sempre buscamos parceiros que estejam alinhados ao nosso propósito e abertos ao diálogo, à troca de experiências e a dividir os esforços para obter os resultados de fazer o bem aos nossos irmãos.

Nossa Revolução é o Amor! Instagram: @nossarevolucaoeoamor

Ilana de Alencar é engenheira de alimentos, cozinheira, palestrante, consultora e vice-presidente da Associação Nossa Revolução é o Amor.

Deixe seu comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

error: Ação desabilitada