Natal de luz

Artigos Recentes

Por Carmen Maria Pulga

Há mais de dois mil anos, 

lá no espaço sideral, 

uma estrela iluminou a Terra

e a humanidade celebrou o Natal. 

Nasceu-nos um Menino,

o esperado das Nações.

Fez-se Deus pequenino,

para caber nos corações.

Na magia desta data,

as palavras se enchem de luz, 

e a gente pede mil graças,

pois é o Natal de Jesus.

Abençoe nosso planeta,

que foi teu berço também,

pedimos, ó Deus Menino,

faça dele outra Belém. 

Seja um Natal de esperança,

com promessa de boas-novas,

rico de graças e bênçãos

para a vida que se renova. 

Hoje trocamos mensagens

em linguagem digital,

numa permuta de preces

pela paz universal. 

Que se diga, milhões de vezes,

Feliz Natal e muita paz! 

Prosperidade em todos os meses

no Ano-Novo que vai começar. 

Aos nossos assinantes, as mais escolhidas bênçãos do céu. 

Que o Natal seja de luz, alegria e vida em abundância. 

Carmem Maria Pulga é filósofa, teóloga, mestra em Novas Tecnologias da Comunicação e autora dos livros A pétala e O divino livro proibido, ambos publicados pela Paulinas Editora. Gosta de arte, desde a culinária até a sucata, e ama ler os autores mais ecléticos.

Deixe seu comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

error: Ação desabilitada