5Rs na busca de uma vida mais sustentável

Artigos Recentes

Conheça os 5Rs e “contamine” positivamente as pessoas ao seu redor

Por Elisabete da Cruz

Com certeza, em algum momento, você já ouviu falar sobre os 3 Rs: Reciclar, Reduzir e Reutilizar. Mas, na prática, será que realmente estamos preparados para mudar nossos hábitos?

A rotina vai nos consumindo, cada vez mais buscamos a praticidade, pois necessitamos de tempo, e, quando nos damos conta, esquecemos o quanto nossas ações são determinantes para o futuro do nosso planeta. 

Em uma continha básica, entre o número de nascimentos e mortes no mundo diariamente, a população cresce em torno de 150 mil pessoas a cada 24 horas. Agora faz uma conta rápida e multiplica isto por uma semana, um mês, um ano… Assustador, né? 

Quando aumentamos a família, mudamos de casa, buscamos um espaço maior, com mais quartos, talvez outro banheiro, quem sabe até um quintal com árvores frutíferas; agora, imagine que sua família vai aumentar significativamente, mas você não tenha para onde ir.

É isso que vem acontecendo com nosso planeta, a casa de todos. A população vem crescendo desgovernadamente, mas não temos outro lugar para habitar. 

E agora? O que faremos? Deixamos para os governantes, afinal, este assunto é tão complexo que não temos o que fazer, correto? 

Não, errado. Somos filhos desta casa e por ela devemos zelar, por nós e por todos que amamos, por nós e pelos que ainda virão. Comumente pensamos que somente grandes ações são capazes de gerar grandes impactos, mas, na verdade, pequenas ações diariamente também são responsáveis por grandes transformações. 

5 Rs da sustentabilidade
Freepik.com

Foi pensando em uma forma de ampliar a consciência das pessoas que surgiu a terminologia dos 5 Rs e a necessidade de expandir nossa consciência. Não existe uma ordem, uma regra, mas uma necessidade de todos nos envolvermos de alguma forma. No trabalho, em casa, em nossa comunidade, na escola e em qualquer lugar; afinal, todos podemos fazer a diferença. Nossa, mas são tantas mudanças! Por onde começo?

Comece por você. Planeje seu dia, observe seus hábitos e, pouco a pouco, “contamine” positivamente as pessoas ao seu redor com a sua mudança.

Repensar

Repense se o que você vai comprar é realmente necessário ou se apenas é um impulso para suprir outras necessidades afetivas, estéticas ou de status. Repense se não seria possível reaproveitar algo que já possui. Questione se esse produto causa algum dano ao meio ambiente. Planeje o que pode ser mudado em sua rotina diária, que possua impacto direto na exploração de recursos naturais.

Recusar

Recuse produtos que não sejam certificados e priorize empresas que tenham compromisso com o meio ambiente. Recuse o canudinho do fast-food, o copo descartável, a sacolinha do mercado, carregue sua ecobag, prefira embalagens de vidro, metal ou as biodegradáveis.

5 Rs da sustentabilidade
Freepik.com

Reduzir 

Reduza seu consumo de água, de energia, de produtos supérfluos que necessitem ser trocados em pouco tempo. Utilize lâmpadas de Led e até pilhas recarregáveis, para que menos produtos sejam descartados.

Reutilizar

Reutilize roupas, customizando-as ou até fazendo boas trocas em feiras e brechós. Doe o que não irá mais utilizar, conserte objetos que ainda podem ter uma longa vida útil, como eletrodomésticos e móveis. A criatividade está em alta e quase tudo pode ser ressignificado para outras funcionalidades.

Reciclar

Separe o lixo de forma correta, implante a coleta seletiva no seu condomínio ou leve os recicláveis até um lugar apropriado para o descarte. Quanto mais reciclarmos, menos recursos serão extraídos da natureza, além de diminuir a poluição e aumentar a vida útil de aterros sanitários.

Bem, e se depois de tudo isso você ainda não se sensibilizou, conheça uma tabelinha de decomposição de produtos que pode causar um verdadeiro impacto em suas atitudes:

Uma “inocente” sacolinha plástica de mercado…..……… + de 100 anos

Aquela caixa de papelão ……………………………………………  3 a 6 meses 

Sua latinha de refrigerante……………………………………….. 200 a 500 anos 

A caixinha de suco ou leite ………………………………………… até 100 anos 

A fralda descartável do bebê ………………………………………….. 450 anos 

Embalagens de plástico ……………………………………………… 450 anos 

O pneu do seu carro …………………………………………..… Indeterminado

Ser sustentável não é uma opção, é uma necessidade de mudança de comportamento; o mundo precisa de nós, nossos filhos precisam de nós e nós precisamos do planeta. 

Ser sustentável não é modismo, é necessidade de consciência para que possamos viver em harmonia. Precisamos de menos discursos e mais atitudes concretas que possam transformar pessoas, encorajá-las a uma nova forma de viver. 

Fácil? Claro que não. Possível? Totalmente. 

Elisabete da Cruz é pedagoga com especialização em Educação Transdisciplinar, autora de literatura para infância e juventude. Já publicou mais de 12 livros por diferentes editoras, incluindo a obra Se eu pudesse nascer de novo, pelo selo Saberes e Letras, da Editora Paulinas.

Deixe seu comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

error: Ação desabilitada