Já sou assinante!

Ainda não é assinante?

Identifique-se para ganhar mais 2 artigos por semana!

ou

ou Assine Já

A festa do Natal sob o olhar da juventude - Revista Familia Cristã

A festa do Natal sob o olhar da juventude

Artigos Recentes

Para os jovens, o dia do nascimento de Cristo revigora o coração humano e representa uma tradição familiar

Por Andrea Adelio

Há tempos o consumismo toma conta das tradições e, em especial, das celebrações de datas comemorativas. Quase tudo tem apelo comercial. Mas, ainda assim, o Natal é uma das festas cristãs que mais aproximam as pessoas e fortalecem os sentimentos de solidariedade e amor ao próximo.

De acordo com a psicóloga clínica e jurídica Grayce Lourdes Amboss Leonardo, que atua como psicoterapeuta de crianças, adolescentes e adultos, o Natal é um momento muito valorizado pelos jovens, seja pelos presentes que ganham ou pela oportunidade de comemorar em família. “Este é um dos poucos momentos que passam junto aos seus; então, mesmo o jovem que não tem religião ainda dá importância para a celebração do nascimento de Jesus. Há muito respeito por esta data”, afirma.

Sob o efeito da pandemia

O ato de celebrar o dia 25 de dezembro é preservado em muitas famílias, independentemente da fé que professam. Alcançados pela mística do nascimento de Jesus, os jovens aprendem a cultivar valores que sustentam sua caminhada a partir das experiências que vivem nas celebrações familiares.

Na opinião de Grayce, o Natal deste ano será especialmente valorizado. Segundo ela, as relações estão mais intensas, pois estar junto de quem se ama, recebeu outro significado. “Saber celebrar a vida com parentes ou amigos queridos vai ser um dos grandes legados da pandemia”, conclui.

O Natal quebra barreiras das religiões

“Percebo que, para alguns amigos da minha idade, o Natal é apenas uma data comemorativa, não voltada ao verdadeiro sentido de celebrar o nascimento de Jesus. Mas é nesta ocasião que aproveito o clima natalino para plantar a sementinha do amor de Deus no coração de cada um, respeitando a sua fé. Essa é uma data que derruba qualquer barreira religiosa. As pessoas estão mais abertas às boas mensagens.

Em casa, nos preparamos antecipadamente com as novenas de Natal e na noite do dia 24 de dezembro celebramos a virada com toda a família. Já no dia de Natal, sempre participo da Santa Missa com meus pais. É uma tradição muito importante que ajuda a fortalecer a nossa relação de amor e confiança. Isso contribui muito para o crescimento da minha fé em Deus e em Nossa Senhora, pois me deixa mais próxima dos familiares que amo.”

Erica Ferreira, 18 anos, estudante de Arquitetura e Urbanismo, de Curitiba/PR.

Erica Ferreira partilha o que representa o Natal em sua vida.

O Natal aproxima quem está distante

“Eu lembro com carinho de todas as celebrações do Natal em família, pois é um momento sagrado para comemorar o nascimento de Jesus. São encontros inesquecíveis e que contribuem para a minha formação. O espírito natalino tem um significado muito forte de bondade para todas as pessoas.

Comemorar esta data em família é tudo para mim, pois tudo que sou é graças aos meus pais e avós que me apoiam e estão sempre presentes. Minha relação com eles e com meus irmãos é muito boa; então, tanto no Natal quanto em outras celebrações estamos sempre unidos. É uma tradição que, inclusive, contribui para unir quem está longe, e, se não fosse uma data tão importante, talvez não conseguíssemos estar juntos.”

Clara Helena Navarro Antônio, estudante, 19 anos, de Campo Grande/MS.

Clara compartilha que o Natal é um momento vivenciado em família.
Gustavo Lourenço – Foto:Arquivo Pessoal

Como a Sagrada Família

“Celebrar o nascimento de Jesus em família é a oportunidade para seguirmos o exemplo da Sagrada Família, cultivando princípios e preceitos religiosos. Essa experiência contribui com a certeza de que, praticando os ensinamentos de Jesus, podemos esperar por um lugar melhor a partir deste plano terrestre.”

Gustavo Lourenço, 21 anos, estudante de Engenharia de Software, de Curitiba/PR.

Celebrar, mesmo sem festejar

“Na minha família acreditamos no verdadeiro sentido do Natal; contudo, não fazemos ceia e não trocamos presentes. Meus pais trabalham, minha irmã sai com amigas e eu costumo passar essa data na Igreja. Infelizmente, de um tempo para cá, algumas pessoas têm negligenciado o verdadeiro significado desta celebração.”

Thayná da Silva Lima, 19 anos, estudante de Administração, mora em Sapezal/MT.

A jovem Thayná relembra a importância da data do Natal.

Andrea Adelio é jornalista, especialista em comunicação assertiva, imagem pessoal e desenvolvimento humano. Adora escrever histórias que eternizam os melhores momentos da vida de pessoas, empresas e negócios. @andrea_adelio

Deixe seu comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

error: Ação desabilitada