Bellinha a Ovelhinha e a Ecologia

Mauri Helme

Por Verônica Firmino e Mauri Helme

Bellinha é uma ovelhinha muito esperta, talentosa, amiga das crianças, e sempre tem conteúdos relevantes para a formação dos pequenos. Criativa e cheia de aventuras, ela e sua turma interagem em todos os momentos do dia a dia das crianças: em casa, na escola, nas festas e nas brincadeiras. “Bellinha a Ovelhinha” se diverte cantando, estudando e contando histórias com sua turma de amigos.

Despertar uma consciência ecológica

Nesta coluna “Ser Criança”, Bellinha a Ovelhinha apresenta para as crianças o “mundo encantado da Ecologia e do meio ambiente”, despertando nos pais, educadores, cuidadores, catequistas a necessidade de criarmos desde cedo nas crianças uma consciência ecológica, a fim de desenvolver um comportamento responsável e comprometido com o cuidado da Natureza, do meio ambiente e de todo o Planeta. Este será nosso espaço criativo, dinâmico, divertido, pedagógico e educomunicativo, dentro do Portal de conteúdos Família Cristã.

A Ecologia e parte da Biologia se preocupam com a relação entre os seres vivos e o meio ambiente. Quando compreendemos como funciona o Planeta, podemos ajudar a protegê-lo, preservá-lo das ações humanas que o fazem adoecer. Mas será que é muito cedo para falarmos de Ecologia para as crianças? Claro que não! Elas aprendem desde a mais tenra idade que podem fazer a diferença, que podem cuidar, proteger.

Não precisamos “falar muito” ou apresentar conceitos difíceis e complicados para o seu entendimento. Com os nossos gestos e atitudes e com pequenas explicações, as crianças logo aderem a esta aventura de “proteger a Natureza”. Elas se sentem participantes e, por isso, querem ajudar, querem colocar a mão na massa, ou melhor, na terra.

A Terra é a casa de todos os seres vivos. As pessoas moram em lugares diferentes: casa, ruas, bairros, cidades, estados, países. Mas todos nós habitamos o mesmo Planeta, a Terra, que é a nossa “Casa comum”. Por isso que todos nós precisamos cuidar dela. 

O Planeta está doente

Os pais, professores e gestores sempre têm o cuidado de manter limpo o local por onde as crianças frequentam: a casa, a sala de aula, os lugares das brincadeiras. Ninguém gosta de ver nada sujo, com mau cheiro e lixo espalhado por todo canto. Mas, infelizmente, é assim que a nossa casa comum está: o planeta Terra está doente, a nossa casa está suja, poluída e com cheiro ruim. Os sintomas estão por todos os lugares: queimadas, enchentes, fontes, rios e mares poluídos, esgotos a céu aberto, aquecimento global, extinção de algumas espécies de animais. Em alguns lugares já não conseguimos respirar, porque o ar está poluído.

O que podemos fazer para ajudar a mudar esta realidade? As crianças são muito sensíveis quando falamos de proteger a Natureza e os animais. Se soubermos motivá-las e educá-las para um convívio mais harmonioso com a Ecologia, elas ficarão sensibilizadas. 

Ensinar desde cedo que podemos cuidar da Terra, que é a casa de todos os seres humanos, dos animais, das plantas, de todos os seres vivos, pode parecer função somente dos adultos e governantes, e distante da capacidade das nossas crianças. Mas, com pequenos gestos em nosso dia a dia, veremos o quanto é importante desde cedo elas terem consciência de que podem colaborar para o bem-estar de todos, protegendo a fauna, a flora e todo o meio ambiente.

Atitudes que fazem a diferença

A educação ambiental exige de nós alguns cuidados e atitudes que ajudam a envolver e conscientizar os pequenos para esta tarefa. O que você faz na sua casa, na escola, no bairro para ajudar a proteger a Natureza? Compartilhe as boas ideias e iniciativas com os vizinhos, com a escola e os amigos.

Que tal começar com uma atitude simples: se você ainda não dispõe em casa nem no seu prédio, e se sua escola ainda não oferece, vamos criar lugares para a coleta seletiva do lixo e explicar às crianças porque é importante separar cada tipo de lixo e colocar no lugar certo para que possa ser reciclado.

Separe uma caixa de papelão grande ou baldes e identifique com as cores e/ou desenhos o tipo de lixo a ser colocado no local indicado para o descarte:

COR AZUL

Papel (embalagens de papel e papelão, jornais, revistas, papéis de escritório, caixinhas de leite, de sucos). Tudo limpo e seco.

COR VERMELHA

Plástico (embalagens, sacos, potes, tampas e utensílios domésticos, brinquedos, garrafas pets, potes de margarina, iogurte etc.).

COR AMARELA

Metal (todo tipo de latas: latinhas de refrigerantes, latas de conservas, latas de leite, peças de cobre, fios etc.).

COR VERDE

Vidros (todo tipo de garrafas, copos, potes, frascos de remédio).

COR MARROM

Resíduo orgânico (tudo o que é resto de comidas, alimentos, vegetais, frutas etc.). Nas residências usamos sacos de lixo apropriados para a coleta feita por caminhões da Prefeitura.

Em algumas cidades, este tipo de material ainda não é reciclado por não possuírem a tecnologia apropriada para isso. É importante conhecer como é feita a coleta seletiva do lixo na sua cidade, para melhor separá-los. Em alguns lugares que não possuem este sistema de coleta seletiva, o recomendado é fazer a separação do lixo (reciclável) seco e limpo do lixo (não reciclável) com resíduos orgânicos. Toda separação ajuda a cuidar do meio ambiente e também colabora com as Associações de Catadores de material reciclado.

Dica

Conheça o canal da Bellinha, a Ovelhinha no YouTube

Atividade

Ajude Bellinha a Ovelhinha a colocar cada tipo de lixo no seu lugar. Ligue os pontos.

Mauri Helme

Verônica Firmino é membro da Congregação das Irmãs Paulinas e produtora da gravadora Paulinas-COMEP. Gosta muito de ler, de escrever e de compor canções para crianças de todas as idades.

Mauri Helme é ilustrador, quadrinista e animador. Já produziu trabalhos para estúdios no Brasil, na Europa e nos Estados Unidos, além de ser o responsável pela arte e animação dos clips da Bellinha a Ovelhinha.

Artigos Recentes

Deixe seu comentário

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui

error: Ação desabilitada